CARREGANDO...

Olá Visitante      Login   Cadastrar
 

Fournier, síndrome de

É uma fascite necrótica que acomete os tecidos moles da região perineal. Pode estar relacionada a focos iniciais no trato gênito-urinário ou na região anal, injeções de drogas, ferimentos do períneo e abscessos perianais. Pode ser também observada após procedimentos urológicos, ginecológicos e anais, mesmo em recém nascidos. Há causas raras, como introdução de próteses penianas. Ocorrem doenças associadas, como diabetes melito que pode chegar até 60% dos casos. Além disso, idade avançada, hospitalização prolongada, carcinoma e alcoolismo são mencionados, além de corticoterapia, desnutrição, radioterapia, quimioterapia, imunossupressão, defeitos sensoriais, falência renal, hemodiálise, vasculite, cirrose, lúpus e SIDA. É uma doença que pode ser primária ou secundária a infecções que ocorrem próximas do escroto. Entre estas, destacam-se urogenitais, coloproctológicas ou perineais, provocadas por associação de bactérias que atuam em sinergismo, causando inicialmente uma vasculite. Deve-se familiarizar com o tratamento dessa síndrome, uma vez que a sua frequência está aumentando consideravelmente. O tratamento é cirúrgico de urgência, com desbridamento do tecido desvitalizado. Se o processo progride, é necessário reoperar. A letalidade varia, e mesmo após cirurgia agressiva, as taxas de mortalidade são em parte decorrentes da agressividade da infecção e de doenças associadas.

Fournier, síndrome de

10

Artigo(s)
Relacionados

Deseja ler sobre outras síndromes? Selecione abaixo a letra inicial da síndrome que você busca.
A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z