CARREGANDO...

Olá Visitante      Login   Cadastrar
 

Ovários Policísticos, síndrome dos

É o distúrbio endócrino mais comum em mulheres entre a menarca e a menopausa. É um distúrbio endócrino-ginecológico, caracterizado, principalmente, por anovulação crônica e hiperandrogenismo, que afeta cerca de 6 a 10% das mulheres em idade reprodutiva.

Nesta síndrome sabe-se que há aumento na produção de andrógenos, acarretando manifestações clínicas de hiperandrogenismo, como aumento de pelos (hirsutismo), acne e alopécia androgenética.

O hiperandrogenismo clínico é o critério diagnóstico mais importante da síndrome, que se manifesta como hirsutismo em 70% dos casos. Portadoras da síndrome dos ovários policísticos (SOP) hirsutas têm elevado risco cardiovascular.

Os sintomas mais comuns que estão associados com a SOP são: amenorreia (ausência de menstruação por mais de três ciclos), hirsutismo (aparecimentos de pelos mais grossos e em locais dependentes da ação de andrógenos como o tórax, o queixo, entre o nariz e o lábio superior, o abdome inferior e as coxas), obesidade e acne, além de infertilidade. Estudos apontam que esses sintomas podem comprometer significativamente a qualidade de vida das mulheres que os apresentam.

O último critério da Society for Androgen Excess estabeleceu que as mulheres, que têm SOP, deveriam ter hiperandrogenismo (hirsutismo e/ou hiperandrogenismo) e disfunção ovariana (anovulação e/ou ovários policísticos). Além disso, as outras causas de anovulação crônica deveriam ser excluídas. Os achados normalmente associados a SOP são: razão elevada do LH/FSH (> 2:1), início dos sintomas na perimenarca, ovários policísticos na ultra-sonografia, obesidade e resistência insulínica.

O padrão de hereditariedade proposta para esta síndrome é autossômico dominante. As manifestações mais freqüentes da SOP são: infertilidade, hirsutismo, amenorréia e obesidade. A extensão do hirsutismo pode ser quantificada usando o sistema de escore de Ferriman e Gallwey. A

s evidências publicadas indicam que o melhor tratamento seria a atividade física regular e orientação nutricional adequada em mulheres com sobrepeso ou obesas que potencialmente teriam grande chance de serem portadoras de resistência insulínica (RI). A perda de peso melhora o perfil endócrino e aumenta a probabilidade de ovulação e gravidez. A normalização dos ciclos menstruais e ovulação poderia ocorrer com modesta perda de peso tão pouco quanto 5% do peso inicial. O tratamento da obesidade inclui modificações no estilo de vida (dieta e exercício) e tratamento médico e cirúrgico.No SOP, anovulação diz respeito às concentrações de hormônio folículo-estimulante baixos e a prisão de crescimento de folículos antrais em fase final de maturação. Este pode ser tratado com medicamentos tais como o citrato de clomifeno, o tamoxifeno, os inibidores de aromatase, a metformina, os glucocorticóides, ou gonadotropinas ou cirurgicamente por perfuração do ovário laparoscópica.

O uso de metformina para tratar a resistência à insulina deve ser indicado apenas quando a intolerância à glicose está instalada. Além da metformina, as glitazonas também podem ser empregadas em mulheres com SOP.

O emprego dos sensibilizadores da insulina ainda é um campo obscuro do conhecimento clínico em relação ao tratamento de pacientes com SOP.

A fertilização in vitro continuará a ser a última opção para conseguir a gravidez quando os outros falham. anovulação crónica ao longo de um período longo de tempo também está associado a um aumento do risco de hiperplasia endometrial e carcinoma, que devem ser seriamente investigados e tratados.

Alguns tratamentos cirúrgicos recomendados são: ressecção em cunha do ovário, perfuração laparoscópica do ovário e cauterização do ovário com agulha por laparoscopia.

Ovários Policísticos, síndrome dos

Endocrinologia Ginecologia Obstetrícia Pediatria

50

Artigo(s)
Relacionados
  • Endocrinologia
  • Ginecologia
  • Obstetrícia
  • Pediatria

Deseja ler sobre outras síndromes? Selecione abaixo a letra inicial da síndrome que você busca.
A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z