CARREGANDO...

Olá Visitante      Login   Cadastrar
 

Treacher Collins, síndrome de

Ou disostose mandibulofacial é um distúrbio craniofacial hereditário. A incidência aproxima-se de um caso a cada 40000 nascidos vivos, sem interferência de sexo ou raça. As manifestações incluem microtia, atresia meatal aural e hipoacusia condutiva. A perda auditiva neurossensorial e a disfunção vestibular também podem estar presentes.

As características faciais incluem hipoplasia malar com subdesenvolvimento dos arcos zigomáticos, resultando em fissuras palpebrais voltadas para baixo, coloboma das pálpebras inferiores e uma mandíbula hipoplásica.

A estrutura ocular é, geralmente, preservada e pode haver distopia cantal, lipodermoide, atresia do ducto lacrimal, distiquiáse e estrabismo. A criança com esta síndrome pode apresentar atraso no desenvolvimento neuropsicomotor. O gene da Treacher Collins é chamado de treacle no cromossomo 5.

Esta síndrome é caracterizada por anormalidades dos pavilhões auriculares, hipoplasia dos ossos da face, obliqüidade antimongolóide das fendas palpebrais com coloboma palpebral inferior e fissura palatina.

Estes pacientes são apropriadamente acompanhados por uma equipe multidisciplinar que inclui cirurgiões crânio-faciais, oftalmologistas, fonoaudiologistas, cirurgiões dentistas e otorrinolaringologistas.

Treacher Collins, síndrome de

Cirurgia Neurologia Oftalmologia Ortopedia Otorrinolaringologia Pediatria Reabilitação

27

Artigo(s)
Relacionados
  • Cirurgia
  • Neurologia
  • Oftalmologia
  • Ortopedia
  • Otorrinolaringologia
  • Pediatria
  • Reabilitação

Deseja ler sobre outras síndromes? Selecione abaixo a letra inicial da síndrome que você busca.
A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z